Currículo resumido

Editor de publicações e produtor de conteúdos de multimídia e internet, consultor e coordenador de projetos de tecnologia educacional e redes sociais, palestrante, autor de diversos artigos, jogos de entretenimento, softwares educacionais, e sites culturais, educacionais e corporativos.

HISTÓRICO PROFISSIONAL

Atividades recentes: Coordenador Técnico Pedagógico na Gerência de Inovação e Novas Mídias da FTD Educação, nos últimos quatro anos e meio, atuando na produção de milhares de conteúdos multimídia e na gestão de plataformas e soluções educacionais. Palestrante em vários eventos de tecnologia e educação, artigos escritos para revistas como Scientific American Brasil e Sindicato das Escolas do Rio Grande do Sul. Membro da comissão de avaliadores ad hoc do Boletim Técnico do Senac. Membro do Conselho Deliberativo da Aliança Francesa de São Paulo. Consultoria para a Egrégora Inteligência.

Atividades anteriores próximas: Consultoria para os cursos online à distância do Beit Chabad. Através da Oficina Digital, produção de infográficos interativos multimídia para CD-ROM encartado em obras didáticas da Editora Saraiva. Consultoria para o Sebrae Nacional. Palestras sobre tecnologia e educação para diversas Secretarias de Educação. Até janeiro de 2011, Coordenador Editorial na Diretoria de Projetos Educacionais da TV Cultura – Fundação Padre Anchieta, atuando no gerenciamento e produção de coleções didáticas para diversos clientes, entre eles a Secretaria Municipal de Educação (Cadernos de Apoio e Aprendizagem), Secretaria Estadual de Educação (Escola de Formação de Professores) e a Secretaria Especial de Relações do Trabalho (Programa de Qualificação Profissional, Time do Emprego e Banco do Povo). Colaboração na concepção e organização do processo de monitoramento/suporte e vitalização do Sistema UNO Internacional. Coordenação editorial do MiniGuia Claro Curtas, com a Casa Redonda, para o Instituto Claro. Participação na Comissão Organizadora do blog e evento Crise e Oportunidade, no Instituto Paulo Freire. Curador da área de Memória Digital no Fórum da Cultura Digital Brasileira. Coordenação das atividades de apoio ao ONID – Observatório Nacional de Inclusão Digital, mapeamento de telecentros no convênio IPSO com o Ministério do Planejamento. Mapeamento e sistematização de dados dos Pontos de Cultura em todo o território nacional, no convênio do IPSO com o Ministério da Cultura “Mapas da Rede”. Desenvolvimento e coordenação da Webrádio CulturaViva. Consultoria nos cursos de educação à distância e para o desenvolvimento do Portal do SEBRAE Nacional, também para esta instituição realização do Mapa das Lan Houses. Coordenação da pesquisa “Comunicaciones Móviles y Desarrollo en America Latina”, para a Universidade Aberta da Catalunha e Fundação Telefónica da Espanha. Co-organização do “Seminário Conteúdos Digitais na Internet” para o Comitê Gestor da Internet no Brasil. Consultoria e assessoria para a Gerência de Desenvolvimento Educacional do SENAC/SP. Consultor do Itaú Cultural na área de educação à distância e produtos culturais online, e Itaú Social, com o CENPEC, no Programa “Escrevendo o Futuro”. Consultoria e desenvolvimento de comunidades virtuais para colaboração em rede na área de saúde, para a Organização Panamericana de Saúde e Bireme. Desenvolvimento dos sites do “Núcleo de Memória”, da Odebrecht, e da “Real Biblioteca”, para a Fundação Biblioteca Nacional. Criação de jogos online para a Fundação Osvaldo Cruz, Companhia Vale do Rio Doce e Museu da Pessoa. Diretor de Acervo e Difusão do Conselho Nacional de Cineclubes, mandato 2009-2010. Coordenador do Ponto de Cultura Vila Buarque, parceria com o Ministério da Cultura. Vice-Presidente da União Brasileira de Escritores, na gestão 2006-2008.

FTD Educação – Coordenador Técnico Pedagógico, desde janeiro de 2012 a junho de 2016, na Gerência de Inovação e Novas Mídias. Desenvolvimento de produtos, serviços e soluções para a educação escolar, englobando os processos editoriais e pedagógicos de produção em mídias digitais (envolvendo roteiros, storyboard, wireframes, definição de requisitos, usabilidade etc). Gestão na produção de jogos, audiovisuais, infográficos interativos e simulações, produção de livros digitais multimídia, plataformas de sistemas de ensino e outras soluções para a educação.

Oicina Digital – Sócio-diretor, desde 2008. Prestação de serviços editoriais, tecnológicos, consultoria e desenvolvimento de projetos para diversos projetos e clientes, tais como Editora Saraiva, SESC-SP, IPSO, SENAC-SP, SENAC-SC, SENAC-MG, SEBRAE Nacional, Fundação Iochpe, Microsoft, Instituto Fonte, Conectt Marketing Interativo, Intranet Portal, Instituto Claro, Casa Redonda, Instituto Paulo Freire, Fronteiras do Pensamento, Sistema UNO, Instituto Paulo Freire, Abril Educação, Beit Chabad e outros.

TV Cultura (Fundação Padre Anchieta) – Coordenador Editorial na Diretoria de Projetos Educacionais da TV Cultura – Fundação Padre Anchieta, de junho de 2009 a janeiro de 2011, atuando no gerenciamento e produção de coleções didáticas para diversos clientes, entre eles a Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Estadual de Educação, Centro Paula Souza e a Secretaria Especial de Relações do Trabalho.

IPSO, Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos – Diretor de Tecnologia e Projetos de 2002 a 2009 (e fundador e diretor da entidade desde 1993), onde coordenou os convênios do IPSO com a Fundação Banco de Brasil para gerenciamento de informação do BTS – Banco de Tecnologias Sociais; colaborando no Portal da RTS – Rede de Tecnologia Social; com o Sebrae Nacional para desenvolvimento de seu Portal na Internet, bem como na realização da atividade “Mapa das Lan Houses”; o ONID – Observatório Nacional de Inclusão Digital, convênio com o Ministério do Planejamento; o mapeamento dos Pontos de Cultura, “Mapas da Rede“, e a Webrádio CulturaViva, em convênio com o Ministério da Cultura; e a pesquisa “Comunicaciones Móviles y Desarrollo en America Latina”, para a Universidade Aberta da Catalunha e Fundação Telefónica da Espanha. Co-organizou o “Seminário Conteúdos Digitais na Internet” para o Comitê Gestor da Internet no Brasil.

Sight Educação e Comunicação – Sócio e diretor, de 1992 a 2007. Desenvolvimento de sites na internet para clientes como Agência Estado, Oficina de Autores da Scipione, Ansa, SESC-SP, SENAC-SP, PUC-SP, Universidade de Mogi das Cruzes, Anistia Internacional, Parlamento Latinoamericano, Canal Universitário, Instituto Via Pública, Odebrecht, Fundação Banco do Brasil, SBPC, Canal Ciência do IBICT e outros, bem como treinamento e capacitação em empresas e universidades – além da criação de jogos de tabuleiro e online, dinâmicas lúdicas presenciais e virtuais, para treinamento, lazer ou comunicação.

Escola do Futuro da USP – De 2000 a 2003, pesquisador da equipe da Escola do Futuro da USP, coordenando o CIDEC (Centro de Inclusão Digital e Educação Comunitária), coordenando a capacitação e gerenciamento dos monitores dos infocentros comunitários do Acessa SP e a concepção e produção de minicursos online e de cadernos eletrônicos desse programa, a BibVirt (Biblioteca Virtual do Estudante de Língua Portuguesa) e o Projeto WebQuest, entre outras ações de aplicação das novas tecnologias na educação.

Secretaria Municipal de Educação – De abril a setembro de 2001, colaborou na equipe de assessoria do secretário municipal de educação, Fernando de Almeida, na área de aplicações das novas tecnologias de comunicação na aprendizagem.

Divertire/Melhoramentos (FuturArte Editora) – Diretor de Desenvolvimento, de 1998 até 2001. Coordenação do desenvolvimento de produtos, localização, avaliação de software e definição de políticas editoriais desta empresa de software educacional e de entretenimento, então ligada ao grupo Brasoft e à Editora Melhoramentos. Entre alguns títulos destacam-se a série Coelho Sabido, Rugrats e SuperLogo.

Oficina de Software – Sócio e Diretor, desde 1996. Desenvolvimento de diversos produtos multimídia para clientes como SESC-SP, SENAC-SP, Ministério da Educação etc., tendo lançado no mercado produtos próprios, em conjunto com o PubliFolha, como o CD da Folhinha e o Vestibular Multimídia da Folha.

SENAC, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Coordenador do Programa Informática e Educação, de 1987 até 1992, tendo sido antes, de 1984 a 1987, Orientador Técnico na unidade de nformática, também tendo integrado o Centro de Tecnologia Educacional. Atuação no desenvolvimento de diversos softwares educacionais para Apple e PC, tais como Sherlock, O Sangue, Introdução ao Micro e muitos outros, manuais impressos, vídeos e treinamento de professores e desenvolvimento de cursos.

GC Assessoria Editorial – Gerente Editorial, de 1980 a 1983, coordenando a edição e produção de obras educacionais para os mercados brasileiro, português e africano, livros, fascículos, revistas e outras publicações, entre elas o fascículo semanal “Vida Íntima” de educação sexual, publicado e distribuído pela Abril Cultural.

Abril Cultural – Secretário Editorial, de 1978 a 1980, na Divisão de Fascículos, nas obras “Enciclopédia Tudo” e “Todos os Jogos”, neste gerenciando também toda a pesquisa e testagem lúdica. Também foi colaborador da Abril Educação (Casa Alfa) e da Editora Abril na área de publicações infanto-juvenis (adaptando semanalmente as publicações Disney para Portugal e criando atividades lúdicas).

Editora ABZ – De 1974 a 1978, Coordenador de Produção, Chefe de Arte e Secretário Editorial, atuando na coordenação editorial e produção de vários fascículos (“Vida Íntima”, “Secretariado Moderno e Prática Comercial”, “Fio & Agulha”, “Atlas do Brasil”, “Boutique”, “Só Brasil”) e na revista “365 – Seleção de Leitura e Informação”, coleções paradidáticas, produção de quadrinhos e outras publicações, inclusive para o mercado africano de idioma português.

Editora Lisa – De 1973 a 1974, trabalhou no departamento de documentação da Divisão de Fascículos e no departamento de arte, atuando na pesquisa iconográfica e apoio à produção editorial nos fascículos educacionais daquela editora (“Corte & Costura”, “Dicionário Ilustrado Inglês-Português” e “Atividades, Enciclopédia de Trabalhos Manuais”).

IXAT Publicidade – De 1971 a 1972, estagiário e assistente de arte nessa agência de publicidade, tendo atuado na sua área editorial, atendendo os house organs de diversos clientes, entre eles a Revista “Gente”, da Petrobrás, e na edição de publicações do Mobral (“Quem lê… Vai longe” e outros), em conjunto com a Editora Melhoramentos. Em 1972, a agência passou a se denominar Saragga Seabra & Sasson Publicidade.

 

OUTROS TRABALHOS DESENVOLVIDOS

Foi responsável pela área de informática da revista Superinteressante, de 1995 a 1997; foi também editor da seção de informática da Folha da Tarde, de 1990 a 1991. Artigos em diversas publicações, como na revista “Acesso” e “Idéias” da FDE, “Em Aberto” do MEC, “Soluções” da Telefonica, “Eixos” da Câmara Brasil-Alemanha, “Lecionare” da FreeShop, revista “Sesc TV”, revista “A Rede”, “Novos Rumos do Ensino Superior” da PUC-SP etc. Foi editor da revista mensal “Byte Papo” do Serpro, na área de formação tecnológica de recursos humanos, de 1983 a 1984. Organizador e co-autor do livro “A Revolução Tecnológica e os Novos Paradigmas da Sociedade”, editado pelo IPSO e pela Oficina de Livros.

Autor do livro de poesia “Haicais e Que Tais” (Massao Ohno Editor, 2005). Participou de diversas antologias de contos, como “Antologia de Contos da UBE” (Global Editora, 2008), “Contos de Algibeira” (Casa Verde, 2007), “Expresso 600” (Andross Editora, 2006), “Antologia de Micro-contos” (Edições Pitanga, 2008), “TOC104, poesia no Twitter” (Carpe Diem Edições, 2010).

Palestras, cursos e workshops nas áreas de informática, jogos, internet e educação, a convite de entidades como Sesc, Senac e Senai, ABTD, Sucesu-SP e MG, FDE, MEC, Secretarias de Educação, Fiocruz, Escola de Sociologia e Política, PUC, USP, Unicamp, UFSC, OPAS/OMS, Bireme, Anhembi Morumbi, Itaú Cultural, Cenpec, Aliança Francesa etc.

Consultoria e coordenação de projetos na área de telemática educacional e educação à distância, na PUC/SP (na área de cursos de especialização, aperfeiçoamento e extensão), SENAC/SP (Centro de Idiomas), IMESC (Projeto Disque Drogas), colégios particulares (como Colégio Brasil e Magno Escola Integrada) e escola pública (BBS da FDE – Fundação para o Desenvolvimento da Educação de São Paulo, CIEd de Santa Catarina), Itaú Cultural, World Trade Center, Estadão na Escola e Rede Saci.

Criação de jogos de tabuleiro, com produtos na Grow (“War II”, “Master”, “Desafino”, “Imagem&Ação 2”, “Visual Master” etc.), Toyster (“Conhecendo o Mundo”, “Gato & Rato”, “Castelo do Terror” e “Zero a 100”), Jak (“Garfield”, “Snoopy”, “Tropicaliente” e “As Meninas Superpoderosas Contra-Atacam”) e Game Office (“Pensando Melhor com Dr. Lair Ribeiro”, “Coma, uma Guerra Biológica” e “Ayrton Senna, the King of Monaco”) etc. Criação de jogos empresariais e promocionais (“Andar”, para o Sesc) e jogos coletivos para convenções (Biosintética, Grupo Ticket, Rede Globo) e atividades educacionais lúdicas (Estadão na Escola, Sindicato das Escolas Particulares de São Paulo etc.). Estas criações foram desenvolvidas em conjunto ou com Fernando Moraes Fonzeca Jr. ou com Mário Seabra. Criação e desenvolvimento de jogos online, em flash, na internet (“Aventura no Tempo”, “Jogo da Forca”, “Jogo da Memória” e “Jogo da Trívia” para o Projeto Memória, da Fundação Banco do Brasil e Odebrecht; e “Onde Está a Vale?”, “Desafio Carajás” e “Trem de Letras” da Vale do Rio Doce, para o Museu da Pessoa).

 

ATIVIDADES EXTRA-PROFISSIONAIS

Diretor de Acervo e Difusão do CNC – Conselho Nacional de Cineclubes, gestão 2008-1010. Ex-Vice-Presidente e membro do Conselho Consultivo da UBE – União Brasileira de Escritores. Membro do Conselho Deliberativo da Aliança Francesa de São Paulo. Membro do Conselho Consultivo do Instituto Claro. Membro do Conselho Editorial da revista “Novos Rumos” e da revista “A Rede”. Membro do Conselho Fiscal do Laboratório Brasileiro de Cultura Digital. Presidente do Conselho Fiscal do Instituto Intranet Portal. Ex-Coordenador do Ponto de Cultura Vila Buarque. Ex-Secretário-Executivo do Pólo SP da SBGC – Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento. Ex-diretor e fundador da SBIE – Sociedade Brasileira de Informática na Educação. Ex-Presidente da Federação Paulista de Cineclubes. Ex-vice-presidente da Comissão de Cinema da Secretaria de Estado da Cultura. Ex-diretor do Centro Cultural 25 de Abril e da Associação Cultural Agostinho Neto. Fui também colaborador de diversas publicações, como os jornais Movimento, Em Tempo, Brasil Mulher, Portugal Democrático e outros. Criador e mantenedor de diversos sites de poesia e cultura na internet.

 

DADOS PESSOAIS

Carlos Tabosa Saragga Seabra, 56 anos, casado, editor, 3 filhos, 3 netos. Nascido em Lisboa, Portugal, residindo há 42 anos no Brasil.

 


Página online com este currículo: www.seabra.com/perfil


 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: